Principais indicadores para o RH ficar de olho no fim do ano

O fim do ano chegou e com ele a preocupação com os diversos indicadores que o setor deve se preocupar. O final de um ciclo anual é muito importante em uma empresa, pois é através de uma profunda análise que será possível definir as estratégias e metas do próximo ano.

Mapear os principais erros para poder fazer uma correção preventiva do ano seguinte é muito importante para qualquer área de uma organização. Com os diversos indicadores do RH somado à preocupação de melhorar processos para incentivar os colaboradores, o setor de Recursos Humanos deve focar em algumas métricas chaves para realizar essa análise.

Nesse período é comum o RH está com diversas demandas voltadas para o fim do ano, por isso vamos mostrar os principais indicadores que devem estar no radar da sua equipe. Confira!

  1. SLA para fechamento de vaga

O SLA ou tempo de contratação é um indicador de Recrutamento e Seleção que faz a relação do tempo total gasto para fechar as vagas pelo número de posições que foram abertas.

Analisar essa medida irá demonstrar se durante o ano o prazo médio para o preenchimento das vagas está de acordo com o esperado ou se algum ajuste ou plano de ação será necessário para reduzi-lo, quanto é gasto pela empresa nos processos seletivos e quanto tempo do time de recrutamento é investido nos recrutamentos.

  • Turnover

O turnover é o indicador responsável por demonstrar a rotatividade de pessoal, ou seja, o fluxo de entradas (admissões) e saídas (desligamentos, demissões, remanejamentos e aposentadorias) de pessoas em uma empresa.

O RH é o principal responsável em garantir a atração e retenção de talentos e uma alta rotatividade de funcionários pode indicar que a empresa pode estar tendo muito gasto na contratação e, principalmente, perdendo capital humano.

Se atentar a esse indicador no final do ano e verificar sua causa raiz irá ajudar a ter um próximo ano mais produtivo.

  • Headcount

Apesar de ser uma métrica simples, o headcount é de extrema importância para o RH. É ela que irá demonstrar a quantidade de colaboradores que compõe o quadro da empresa.

Com esse indicador o time do RH irá compreender melhor o crescimento de forma segmentada, preparando o setor para entender quais cargos são mais contratados e em qual período do ano.

Fazer uma análise geral no final do ano e planejar a quantidade futura (admissões e demissões) irá deixar o setor mais preparado para lidar com essas futuras demandas, além, é claro, de alinhar com as estratégias principais da organização.

  • Custo de contratação

Ter esse indicador fechado, principalmente anualmente irá expor o valor total das novas contratações e, com isso, entender se o empenho em recrutamento está dando retorno. Nesse valor estão inclusos os custos de ferramentas que o time de R&S utiliza, até anúncios de publicações de vagas.

  • NPS – Clima Organizacional

Um dos principais indicadores do RH é o Clima Organizacional e uma das formas de se obter um bom indicador é utilizando a metodologia NPS (Net Promoter Score). Ter um panorama anual de como os seus colaboradores estão se sentindo dentro do ambiente de trabalho poderá ajudar na programação e elaboração de programas que visam o engajamento.

O NPS mede o nível de satisfação e a lealdade dos funcionários com a organização, e classifica os colaboradores em detratores, neutros ou promotores. A metodologia é simples de aplicar e é baseada em duas perguntas.

“De 0 a 10, o quanto você recomenda [nome da empresa, do produto ou serviço] para um amigo?”

“Por que você deu esta nota?”

Agora com esses indicadores, o seu RH conseguirá analisar os principais dados sem deixar de cumprir com as demandas da área.