People Analytics: entenda o que é e como aplicar na sua empresa

Conforme já mencionado na nossa matéria sobre indicadores de RH, mensurar as interações de um funcionário dentro de uma empresa pode gerar dados que pedem ser trabalhados em função da estratégia da empresa. Os dados coletados, o Big Data, os insights gerados através do Analytics já são utilizados em diversas áreas estratégicas, como Marketing, setor comercial, entre outros. Mas não somente para setores voltados para venda de um produto ou serviço, a coleta e análise de dados pode ser muito importante para tomadas de decisão, no geral.

Dentro de uma empresa, para decisões acerca de contratações, demissões, cargos e salários devem ser feitas através de uma análise aprofundada nos dados que a o RH possui. Pensando nisso, falaremos sobre o People Analytics, metodologia que irá transformar a maneira de analisar dados no Recursos Humanos.

O que é People Analytics?

O People Analytics é uma metodologia, ou seja, um estudo com diversas formas para se obter um resultado. Fora do setor de RH podemos entender o Analytics através do Business Intelligence (BI), ou inteligência do mercado. A premissa dessa metodologia é a coleta, organização e análise dos dados voltados para a gestão de pessoas, cruzando informações relacionadas aos funcionários para ter uma visão estratégica do papel de cada um.

Qual é o objetivo do People Analytics?

O principal foco do people analytics é melhorar o processo de tomada de decisão, dando maior assertividade nas escolhas e mais qualidade desde a coleta de dados, finalizando na decisão estratégica final. Quanto maior o nível de informação e mais estruturada a visualização dessas informações, maior será a oportunidade de acerto na hora do gestor de RH tomar alguma decisão, ou para reportar essas ações para um gestor direto, por exemplo.

Como coletar essas informações?

Todos os registros que um funcionário preenche gera um dado para empresa, por exemplo: marcação de ponto, folha de pagamento, atestados. Para ter um dado geral de absenteísmo, exemplificando com mais detalhe, você precisa da informação de quantas vezes o funcionário faltou, se nessa falta ele apresentou algum atestado.

As empresas que não possuem um sistema automatizado de dados, geralmente coletam e analisam esses dados a partir de tabelas de Excel. No entanto, muitas empresas estão aderindo à softwares voltados para o BI, como dashboards e Analytics para facilitar na hora de decidir estrategicamente.

Vantagens do People Analytics

Motivar sua equipe

Com a análise de dados é possível ajustar processos e rever situações que não estejam impactando de forma positiva na empresa. Com isso, é possível entender qual proposta engaja mais os funcionários ou qual projeto é mais aderente.

Recrutar de forma assertiva

Contratar novos funcionários vai além de apenas analisar currículos. É necessário um conjunto de avaliações e análises para que a pessoa com o perfil adequado seja contratada. Com a ajuda do People Analytics, o RH terá mais facilidade na hora de admitir o colaborador ideal.

Acompanhar a produtividade da empresa

Sabemos que o tempo trabalhado não define produtividade, certo? Os resultados positivos dependem de vários fatores, como um bom ambiente de trabalho, tempo de descanso e motivação. Com o People Analytics, o RH consegue utilizar a análise dos dados para promover mudanças e conquistar um alto índice de desempenho das equipes.

Tomar decisões estratégicas

Os dados apontados pelo Analytics possibilitam que o RH tome decisões mais estratégicas. Além de envolver a empresa como um todo, uma estratégia mais assertória é essencial para impulsionar o desenvolvimento do negócio.